Utopia do desastre

22/06/2020 13:18

"Milenarismo difuso, utopista ou catastrofista, com uma permanente fascinação pela desordem à qual, sendo consciente (revolução) ou inconscientemente (religião), aspira-se, já que é assim que se alcançará a parusia ou a sociedade perfeita prometida pelas teorias de emancipação que floresceram no século XIX e das quais se pode notar seu caráter, profundamente, religioso. Talvez seja isso que dê esse ar mal-humorado aos cavaleiros de 'triste figura' que são os moralistas de todos os tipos. Protagonistas que são de uma 'utopia do desastre' mas cujo motivo essencial é a condenação desse 'mundo de miséria', a estigmatização da simples felicidade da vida; talvez, até, do Ser, simplesmente.

 

Michel Maffesoli, Pactos emocionais

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!