Trabalhar, não!

31/05/2016 12:02

"Epicuristas ou estoicos, todos os sábios ensinavam que a fortuna é instável, imprevisível, e que devemos estar prontos a perder todos os nossos bens sem reclamar, mas nenhum teria aconselhado ou sequer imaginado desfazer-se deles voluntariamente. Todos consideravam o lazer, o livre uso de seu tempo, que eles chamavam de otium, condição absoluta da realização humana. Um dos contemporâneos mais famosos de Paulo, Sêneca, diz a esse respeito uma coisa bastante simpática, que se por um infortúnio qualquer se visse forçado a trabalhar para viver, pois bem, não transformaria isso num drama: se suicidaria e fim de papo."

"Tornei-me aquele qu eu tanto temia me tornar. Um cético. Um agnóstico - seque com fé suficiente para ser ateu. Um homem que pensa que o contrário da verdade não é a mentira, mas a certeza. E o pior de tudo é que, do ponto de vista daquele que eu fui, até que vou me saindo bem."

 

Emmanuel Carrère, O Reino

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!