Tempo: linha e círculo

23/07/2017 21:59

"O cordão umbilical que ligava a filosofia da morte ao Sócrates platônico prestes a tomar cicuta não fora, contudo, cortado de vez, muito antes reformulado com seu batismo no interior da filosofia de Agostinho. Foi o mestre do Ocidente, de modo mais claro do que nunca antes, que pensou o tempo como uma linha - já não mais um círculo - e o contrapôs radicalmente à eternidade, por isso preferi chamar a linhagem que se contrapôs aos naturalistas de augustiniana e não platônica. Nesse sentido, encontram-se as várias instâncias da crítica de Agostinho à concepção cíclica dos antigos no que diz respeito à ordem total do universo, à ordem da história e ao lugar do homem e sua alma nessa duas ordens."

 

Lúcio Vaz, A simulação da morte - versão e aversão em Montaigne


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!