Sempre Lichtenberg

21/12/2016 13:12

"Um dia, será tão ridículo crer em Deus como hoje acreditar em fantasmas."

"Que sabemos nós dos outros? Possivelmente todo o pronome 'outro' é um antropomorfismo"

"Deus criou o homem à sua imagem; o homem retribui-lhe bem e o cria à sua."

"A incredulidade em uma coisa, baseia-se quase sempre na cega credulidade em outra coisa."

"Eu gostaria de saber para quem foram feitas as façanhas, das quais se diz publicamente que foram feitas para a pátria."

 

Georg Christoph Lichtenberg, citado em "A cinza do purgatório" de Otto Maria Carpeaux


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!