Sabedoria da espécie

15/07/2018 13:49

"Em seu ensaio clássico As ciências do artificial, Herbert Simon argumenta quase irresistivelmente que a complexidade do comportamento de um organismo é, em uma extensão maior, a reflexão do meio habitado pelo organismo e não apenas da estrutura interna do organismo. No exemplo de Simon, o complexo caminho atravessado por uma formiga em terreno acientado é mais uma consequência da paisagem, com seus sulcros, morros e obstáculos, do que do sistema nervoso e locomotor da formiga. Uma pequena criatura totalmente diferente (uma lesma ou uma lagarta, por exemplo) colocada no mesmo ambiente cumprirá mais ou menos a mesma trajetória complexa, apesar de ter uma organização interna completamente diferente daquela da formiga. Essa criatura nem precisa ser um organismo vivo. Um pequeno robô colocado em um ambiente similiar seguirá um trajeto parecido. Da mesma maneira nossa linguagem é moldada menos pelas especificidades de nossa organização neural e mais pelas especificidades do meio que nós, humanos, compartilhamos. Isso realmente faz da linguagem o 'depósito de saberoria da espécie'."

 

Elkhonon Goldberg, O Paradoxo da Sabedoria

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!