Renda e miséria

21/09/2017 20:29

"Onde isso nos deixa? Penso que se põe ênfase demais no combate à desigualdade econômica. Até existem razões pragmáticas para que se tente reduzir a discrepância de renda e não só a miséria. Mas o fato é que é possível reduzir a pobreza mesmo sem alterar a concentração de renda. O filósofo Harry Frankfurt ('On Inequality') defende que é só a eliminação da pobreza que representa um desafio moral para a sociedade. Não é difícil demonstrá-lo, Bill Gates é milhares de vezes mais rico do que eu. Mas, como não passo grandes privações por falta de dinheiro, esse desequilíbrio não encerra nenhuma injustiça a cobrar reparação. Desconfio que a população percebe isso, ou a administração Lula não teria feito o sucesso que fez."

 

Hélio Schwarzman, em artigo Igualdade, pobreza e moral, publicado na Folha de São Paulo em 17/9/2017


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!