Procurando

01/08/2018 18:57

"Os Esboços Pirrônicos apresentam as antigas escolas filosóficas caracterizadas pela sua postura relativamente à verdade: quem acredita que a possui (os dogmáticos, concretamente peripatéticos e epicuristas), quem se desespera porque nunca pode encontrá-la (os céticos, Clitômaco, Carnéades e a Nova Academia) e, finalmente, quem mesmo sabendo que não pode encontrá-la jamais, continua a procurá-la, praticando a zetética (Pirro e seus seguidores: II, 12). 'Quem procura algo chega a esta conclusão; ou diz que o encontrou, ou que não pode encontrar, ou que ainda está à sua sua procura.' Toda Filosofia se divide nessas três seções. O seu objetivo é procurar a verdade, a ciência, a certeza. No entanto, é sempre o amor pelo saber aquilo que impulsiona os céticos a procurar a verdade (indescritível e nunca encontrada), e para os pirrônicos é a sua fonte inesgotável."

 

Nicola Panichi, Montaigne - A consicência crítica do Renascimento


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!