Papa Francisco mostra o caminho

18/10/2021 12:44

 

"O rendimento básico universal - RBU - é uma possibilidade, a redução da jornada de trabalho é outra. E há que analisá-la seriamente. No século XIX, os operários trabalhavam 12, 14, 16 horas por dia. Quando conquistaram o horário de oito horas, não houve qualquer colapso, como previam alguns setores. Então, insisto, "trabalhar menos para que mais gente tenha acesso ao mercado laboral é um aspecto que precisamos de explorar com bastante urgência". Não pode haver tantas pessoas oprimidas pelo excesso de trabalho e tantas outras oprimidas pela falta de trabalho.  Considero que são medidas necessárias, mas naturalmente não suficientes. Não resolvem o problema de fundo, nem garantem o acesso a terra, casa e trabalho na quantidade e qualidade que os camponeses sem terra, as famílias sem uma casa segura e os trabalhadores precários merecem. Tampouco permitem resolver os enormes desafios ambientais que enfrentamos. Mas queria mencioná-las porque são medidas possíveis e apontariam um caminho positivo de orientação" - afirmou o Papa Francisco.

 

A redução do horário de trabalho e a Renda Básica Universal são medidas necessárias propõe Papa Francisco, texto publicado em 18/10/2021 na revista eletrônica IHU Online

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!