Ortega y Gasset

21/08/2018 12:46

"O filósofo espanhol José Ortega y Gasst faz não apenas uma fenomenologia da vida, mas mostra que em tempos de grande mudanças viver é ainda mais arriscado. Uma vida humana exige, em tempos de mudanças, uma auto-consciência e fidelidade íntima que muitos homens não conseguem alcançar. Essas pessoas permanecem presas na rotina de uma vida limitada. Para Ortega y Gasset essas pessoas formam uma massa informe que se comporta como criança mimada, que não aceita ser contrariada em seus caprichos, como senhorio satisfeito, que insiste em esperar coisas que sabe que não podem ser e como bárbaro especialista. Esste último é o novo bárbaro, diplomado e universitário, com um conhecimento restrito a um campo epistemológico, sem nenhuma noção geral dos conhecimentos do tempo em que vive. Em outras palavras não consegueter uma síntese da cultura do seu tempo, uma vez que a especialização é necessária em um tempo com tantas informações. Com essas categorias ele tipifica o homem massa."

 

José Maurício de Carvalho, psicólogo e filósofo em artigo Ortega y Gasset, publicado na revista Filosofia Ciência&Vida nº 129


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!