O Brasil em uma sinuca de bico

20/06/2017 15:47

"Como resultado, a condenação, não de um governo, mas de todo um país a um perfeita sinuca de bico. A menos pior das possibilidades, a essa altura (escrevo no dia 21/05), seria eleições diretas e gerais. Gerais soa totalmente irreal. Diretas para presidente é improvável, pois não contempla os interesses dos agentes mais fortes do processo. Mesmo com diretas teríamos o problema Lula: se candidato, teria grandes chances de vencer, mas seguiria ameaçado pela Lava Jato, correndo o país o risco de ter um terceiro presidente seguido destituído; se impedido de concorrer, haveria chances de aumento da divisão social. Tudo indica, entretanto, que das duas uma: ou Temer se segura na cadeira, mantido pelo interesse soberano da aprovação das reformas (e aí a democracia sofre mais um duro golpe), ou cai, seja por que via for, e as eleições indiretas garantem a sustentação do programa reformista ilegítimo (e aí a democracia também sofrerá um duro golpe; aliás dois). A curto e mesmo médio prazos, não parecem haver chances reais de recuperação política e social do país."

 

Francisco Bosco (poeta e filósofo, ex-presidente da FUNARTE), em artigo Sinuca de Bico, na revsta Cult de Junho de 2017

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!