Metafísica e niilismo

15/11/2015 11:11

"Essa perda de vigor, para Heidegger, torna-se a 'lógica interna' do esquecimento do ser, que tem sua contraparte na dominância incondicionada da Metafísica. Faces de um mesmo acontecimento, que culmina na civilização mundial, cenário do fim da Filosofia, sob a racionalidade da técnica e da vontade de potência, esquecimento do ser e dominância da Metafísica respondem pela essência do niilismo, de que são signos a devastação da terra, o exílio ou apatridismodo indivíduo, a massificação, o totalitarismo e a fuga dos deuses."

Benedito Nunes, No tempo do niilismo e outros ensaios


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!