Mel da loucura

23/07/2016 13:32

"O povo não suportaria por muito tempo seu príncipe, o criado seu senhor, a criada sua senhora, o estudante seu preceptor, o amigo seu amigo, a mulher seu marido, o empregado seu patrão, o colega seu colega, o anfitrião o seu hóspede, se um não mantivesse o outro na ilusão, se não houvesse entre eles embuste recíproco, adulação, conivência prudente, enfim, o lenitivo intercâmbio do mel da loucura."

 

Erasmo de Rotterdam, Elogio da loucura


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!