Liberalismo não é conservadorismo

07/08/2018 13:22

"Mas o verdadeiro liberalismo distingue-se do conservantismo e é perigoso confundi-los. Embora elemento necessário em toda sociedade estável, o conservantismo não constitui, contudo, um programa social; e suas tendências paternalistas, nacionalistas, de adoração ao poder, ele com frequência se revela mais próximo do socialismo que do verdadeiro liberalismo; e co sua pretensões tradicionalitas anti-intelectuais e frequentemente místicas, ele nunca, a não ser em certos períodos de desilusão, desperta simpatia nos jovens e em todos os demais que julgam desejáveis algumas mudanças para que este mundo se torne melhor. Por sua própria natureza o movimento conservador tende a defender os privilégios já instituídos e apoiar-se no poder governamental para protegê-los. A essência da posição liberal, pelo contrário, está na negação de todo privilégio, se este é entendido em seu sentido próprio e original, de direitos que o estado concede e garante a alguns, e que não são acessíveis em iguais condições aos outros."

 

Artigo Globalização em cheque de Vladimir Fernandes Macie, professor e pesquisador do Centro Mackenzie de Liberdade Econômica, publicado na revista Filosofia Ciência&Vida nº 126


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!