Humano?

03/03/2016 11:21

"A intencionalidade a define, não por causa de qualquer qualidade especial da intencionalidade, mas porque uma criatura com a consciência de seu propósito tem algo mais, que é realmente especial: liberdade ou, pelo menos, a esperança ou ilusão da liberdade. A criatura de instinto não possui livre-arbítrio; a criatura da razão o possui ou é capaz de pensar que o possui. É por isso que a razão tem sido tão privilegiada nas definições de humanidade tradicionais no Ocidente. A liberdade é um prêmio com uma dimensão teológica. É a base de outra afirmação que é atraente e pode ser em certo sentido verdadeira, mas que se acha além da verificação ou falsificação: a afirmação de que só os humanos fazem escolhas morais."

Felipe Fernández-Armesto, Então você pensa que é humano?


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!