Fim da filosofia

27/11/2015 22:53

"Do ponto de vista terapêutico, o filosofar de Wittgenstein significa simultâneamente a dissolução da filosofia. Ele está, então, numa mesma linha com Marx, Nietzsche e Heidegger, os quais, cada um à sua maneira, propagavam um modo de pensar totalmente novo, que devia tornar impossível a velha filosofia. Nessa interpretação, a obra de Wittgenstein representa um discurso para a insustentabilidade de qualquer doutrina filosófica conteudística. Sua crítica realiza a destruição pura e simples do pensamento ocidental. O que permanece é a fala que cura enfermidades filosóficas, às quais estamos sempre de novo expostos por causa da insaciável necessidade metafísica."

Margot Fleischer (org.), Filósofos do século XX


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!