Fé e imaginação

06/02/2017 14:36

"Passar da imaginação para a fé é queimar uma porção de etapas e saltar de um mundo para outro. Ninguém reduzirá as iluminações e os esplendores da fé aos devaneios e jogos da imaginação. Sem embargo, precisamente porque transpõe com audácia os limites do espaço e do tempo e os do nosso todo, a fé não deixa de ser parente da imaginação. 'A fé', escreve santo Tomás de Aquino, 'é formula soberba, é a forma da minha esperança.' Também é forma, a mais elevada, a mais bela da imaginação. O projeto de Pascal, inimigo que era da imaginação, consistia em fundar a fé numa razão ao mesmo tempo exaltada e difamada. Apesar de toda a sua genialidade, Pascal só convenceu os que já estava convencidos. "

 

Jean d ' Ormesson, Quase nada sobre quase tudo


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!