Deus não antropomórfico

17/01/2020 13:57

"Um Deus julgador que tem planos e age com propósitos é um Deus a ser obedecido e aplacado. Já o Deus de Espinosa é desprovido das fantasias antropomórficas que, sustenta ele, são indignas do tipo de ser que Deus é: 'Esta concepção (de que Deus agiria como os homens) deita por terra a perfeição de Deus'. Não encontramos nenhum conforto no Deus de Espinosa. Ele não é um ser ao qual nos voltaríamos em momentos de dificuldade, ou ao qual oraríamos para que nossas esperanças fossem atenuadas e nossos temores afastados."

 

Steven Nadler, Um livro forjado no inferno - O tratado escandaloso de Espinosa e o nascimento da era secular


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!