Crescimento zero

04/10/2021 13:21

 

“Os movimentos que clamam pelo “crescimento zero” ou ‘decrescimento’ nos convidam, na realidade, a viver com o crescimento econômico zero que já existe em latência, há mais de cinquenta anos, e a criar novos agenciamentos coletivos não capitalistas, dado que o crescimento zero, literalmente entendido, não é outra coisa a não ser o fim do capitalismo. Sua luta não é apenas contra as forças neoliberais, mas também contra as de esquerda, assim como contra as da chamada ‘transição verde e digital’.”

 

A manifestação do desejo constitui o limite externo absoluto do capitalismo, entrevista com o professor John Fujita Hirose, professor na universidade de Ryokoku, publicada pelo jornal eletrônico IHU online em 4/10/2021

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!