Autômato consciente

12/09/2016 13:10

"A posição científica do dualismo de substâncias é que não há separação entre corpo e mente. É uma ilusão tão falsa quanto o quadrado invisível que vimos no começo (do livro). Humanos são autômatos  conscientes. Nosso corpo gera nossa mente. Quando o corpo morre, a mente também morre. No entanto, a teoria do autômato consciente é ao mesmo tempo repulsiva e artificial demais para ser aceita pela maioria das pessoas. Além disso, a impressão de que temos o livre-arbítrio voluntário em ação na nossa mente pode também ser ilusão. O livre-arbítrio requer que alguém (ou que alguns fantasmas) esteja dentro de nossa cabeça tomando as decisões, e isso só nos coloca dentro de uma espiral sem fim. Quem está dentro da cabeça dele, e assim por diante?"

 

Bruce M. Hood, Supersentido - Por que acreditamos no inacreditável


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!