Agro é fogo!

26/11/2021 12:08

 

“Fome e agronegócio: ambos crescem juntos

De acordo com o dossiê, a ampliação da fome no Brasil (que já atinge de forma aguda 19 milhões de pessoas) é proporcional ao avanço do agronegócio.

A área que poderia ser destinada a plantar alimentos presentes no cotidiano da população foi reduzida na última década. Atualmente o arroz, o trigo e o feijão representam apenas 8% da produção nacional de grãos. No lugar de produzirem alimentos como esses, as terras no país estão majoritariamente destinadas à concentração de commodities de soja e milho, que representam 88% da última safra de grãos do país. Para Diana Aguiar e Sílvio Isoppo Porto, autores do artigo sobre o tema, ‘as paisagens monoculturais dominantes poderiam ser pensadas como verdadeiros ‘desertos alimentares’”.

 

Agro é fogo: incêndios no Brasil estão ligados ao agronegócio e ao avanço da fome, diz dossiê, artigo publicado no jornal eletrônico IHU Unisinos em 26/11/2021

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!