O futuro do trabalho

22/08/2015 01:02

"A economia do século XXI contrapõe a valorização do trabalho intelectual ao físico, da era industrial. 'Trabalhar, hoje, envolve o processamento de informações e análise de dados', afirma Lins (João Lins, gerente da PwC citado anteriormente no texto). O mercado exige um profissional mais preparado para lidar com essa mudança. Com tanta deficiência na educação de base, diz, haverá uma deterioração dos empregos. As vagas mais bem remuneradas serão substituídas por outras com menos benefícios e salários inferiores."

"Sobreviverá nesse novo mercado de trabalho somente uma elite de profissionais criadores, manipuladores e abastecedores do fluxo de informações. Novas profissões vão surgir, mas ligadas à área do conhecimento, junto com novas maneiras de trabalhar."

 

Artigo "Negócios disruptivos" no caderno EU&Fim de semana do jornal Valor 

Contato

CONSIDERAÇÕES OPORTUNAS rerzeit@hotmail.com